A importância do Pinterest para a estratégia digital

Muito utilizado no exterior, especialmente nos Estados Unidos, o Pinterest é uma rede social um pouco esquecida pelas empresas brasileiras. Essa falta de prática no país, contudo, pode ser uma oportunidade para a companhia que quiser investir nela. A concorrência será bem menor do que nas outras redes!

Antes de falar o porque ela pode ser fundamental para a estratégia digital de uma empresa, primeiro explicarei um pouco sobre essa rede social. Assim, você entenderá ela em toda a totalidade!

O que é o Pinterest

Essa é uma rede voltada ao compartilhamento de imagens. Lá encontramos fotos e imagens criadas com títulos e chamadas, linkando a um conteúdo em um site externo. Funciona, na maioria das vezes, como uma fonte de inspiração, pois os usuários buscam temas e guardam os pins (imagens) em pastas (boards) separadas por tópicos. Assim, os usuários podem compartilhar imagens próprias e também guardar as que gostou.

O Pinterest foi lançado oficialmente em 2010. No ano seguinte já era considerado pela Time como um dos 50 melhores sites. E, em 2012, o TechCrunch divulgou estudo em que apontava essa ferramenta como a que mais dirigiu vendas as varejistas do que o falecido Google+, o LinkedIn e o YouTube.

Como o Pinterest cresceu nas empresas

Com o sucesso dessa rede, ela se tornou, rapidamente, a queridinha de influenciadores. Com isso, eles começaram a postar produtinhos e lugares que amam. O que aconteceu? Dessas publicações, começaram a vir negócios para as empresas!

Foi assim que o Pinterest se tornou também uma vitrine virtual. Empresas de diversos segmentos – como moda, beleza, decoração, gastronomia, arquitetura e turismo – passaram a apresentar produtos lá. Reza a lenda que foi de depois de uma influenciadora postar um produto e gerar milhares de vendas que a Sephora tomou a decisão de apostar nesse canal. A marca é, atualmente, um dos grandes cases de sucesso de uso dessa rede .

Hoje, comerciantes, principalmente desses segmentos que comentei, divulgam no Pinterest seus produtos para que os usuários se sintam atraídos, bem como comprem e divulguem os itens pelos quais se interessaram. Isso é super eficiente em alguns mercados, pois o público do Pinterest é majoritariamente feminino e vai na veia de potenciais compradoras de alguns produtos. Ou seja, se você for pensar numa estratégia voltada a mulheres, aí pode estar um caminho!

Como o Pinterest gera vendas

A forma inicial de gerar vendar é por meio da atração da imagem (pin). Essa arte pode ser acompanhada de título, texto curto e link. Ao se interessar, o usuário clica nesse link, que pode ir direto ao site de vendas do produto ou a uma página de conteúdo sobre ele.

Mais recentemente, é possível também vender por meio da plataforma por meio dos rich pins. Nada mais são do que imagens associadas à venda direta na rede. Os rich pins têm mais informação do que os tradicionais, pois trazem um botão para comprar direto do anunciante. Assim, os usuários visualizam preços, selecionam tipos de itens e características (como cores e tamanho) e podem clicar para adquirir.

Qual a diferença do Pinterest para as outras redes

Assim como o Instagram, a alma do Pinterest é a imagem associada a um conteúdo, que é secundário. As pessoas podem até comentar um pin, mas essa não é muito a prática dos usuários. Estamos falando de uma rede em que as pessoas são vistas pelas imagens que salvam e compartilham, mas não pelo que dizem e comentam. A interação é diferente.

O risco de interações negativas com os pins, portanto, é menor do que nas outras redes. As positivas sentimos com as pessoas salvando as imagens. Para o comunicador, é quase como emitir e a pessoa receber, sem feedback nesse ambiente.

O segredo de sucesso no Pinterest

Não fique agora pensando que basta só publicar lá. Para chegar às pessoas, um pin precisa atender aos requisitos que o algoritmo gosta, como palavras e forma do texto, cores e tipo de imagem, bem como as hashtags usadas. Passado nesse filtro, a plataforma vai distribuir o conteúdo entre os seguidores e as pessoas que buscam o tema e a hashtag que você publicou.

É por essas razões que, com uma imagem feia ou um texto mal direcionado não terão efetividade. Além disso, o Pinterest trabalha com base no público se interessa. Se não buscam o seu assunto, não clicam no seu link, não salvam sua imagem ou não param para visualizar, o pin vai parar de ser distribuído. Se o público se interessar bastante, temos então a beleza da rede: o pin pode ter vida de meses e meses!

Existem inúmeras estratégias para o sucesso no Pinterest. Também existem milhares de vantagens em relação às outras redes e, ainda, oportunidades para o segmento de serviços. Mas vou deixar esses temas para o próximo artigo!

Aguarde, pois o próximo tema será: 5 motivos para o Pinterest fazer parte de sua estratégia digital.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s